Newsletter 58: Venezuela…
Escritas femininas

Escritas femininas

Em maio, o Projeto Memórias… foi a Viana do Castelo participar num encontro sobre Escritas ...

Ler Mais

Newsletter 57: Eu tenho uma carta escrita
A Revolta da Madeira…

A Revolta da Madeira…

A instabilidade política nacional e o afrontamento entre os vários sectores políticos nacionais ...

Ler Mais

Os dias…

Os dias…

De Maria do Livramento: que vai à missa, que vai à costureira, que vai ao ténis, ao cinema, ao ...

Ler Mais

Sobre o amor e a distância

Sobre o amor e a distância

“parece-me bem que apesar de não termos inventado o Amor, a verdade é que sempre fomos um pouco ...

Ler Mais

Descobrir!

Memória das Gentes que fazem a História.

roma-fruto450x338Como [se fosse] uma romã

A romã é a Memória das gentes, das Mobilidades e da Autonomia. Una, coroada, é composta por uma multiplicidade de sementes que se guardam em bolsas individuais (histórias de vida), ligadas entre si, por uma membrana branca (documentos e registos) que as organiza.
Cada pessoa, com a sua história, com os retratos, os objetos e os documentos que foi guardando, ao longo da vida, contribui para esta Memória coletiva. A casca da romã transforma-se, então, num guarda-memória das memórias das gentes. Só então, a História fica completa, porque com gente dentro e com alma dentro da gente.
Ver


Memória: Um projeto com três dimensões

MEMÓRIA (das gentes que fazem a História) dá protagonismo ao indivíduo, enquanto agente do processo histórico. Preservar e transmitir valores e experiências, salvaguardando a memória individual e coletiva constitui a missão de fixar este registo nas páginas da História da Madeira.

Ver

9ilha-logo-250x250

NONA ILHA é o registo da diáspora dos madeirenses e dos porto-santenses. Estamos a reunir, registar e guardar histórias de vida, cartas, postais, fotografias, documentos. Da união entre os que partiram e os que ficaram é possível criar uma sociedade diferente, onde todos têm lugar.

Ver

autonomia_logo

Memória da AUTONOMIA regista e salvaguarda os testemunhos e as vivências dos madeirenses, de ontem e de hoje. Perpetuar essas vozes e anseios é um dever de todos. A História da Autonomia faz-se a cores, com pessoas, sentimentos, desejos e também desilusões.

Ver

Guardar

Guardar

Guardar

Guardar

Guardar

Newsletter 58: Venezuela…

Memoria News 58 CAPA

A Venezuela começou a ser, a partir de meados da década de quarenta do século XX, o grande destino, a miragem da riqueza e solução da vida dos madeirenses. Mas a imposição da obrigatoriedade da escolaridade levou a que outros destinos continuassem no tempo e a que se alimentasse de forma clara a emigração clandestina.

Ler Mais

Escritas femininas

Escritas Femininas2

Em maio, o Projeto Memórias… foi a Viana do Castelo participar num encontro sobre Escritas Femininas. Levamos cartas  e Histórias. Trouxemos …

Ler Mais

Newsletter 57: Eu tenho uma carta escrita

Memoria News 57 Capa

É em nome do amor e da vontade de se casar que Cândido decide ir estudar para Lisboa. Mesmo que …

Ler Mais

A Revolta da Madeira…

Revolta Madeira

A instabilidade política nacional e o afrontamento entre os vários sectores políticos nacionais não deixaram as ilhas de parte e …

Ler Mais

Os dias…

1904 ANGRA Rua Direita

De Maria do Livramento: que vai à missa, que vai à costureira, que vai ao ténis, ao cinema, ao teatro, …

Ler Mais

Sobre o amor e a distância

Cand Livra Casa B

“parece-me bem que apesar de não termos inventado o Amor, a verdade é que sempre fomos um pouco diferentes dos …

Ler Mais

Eu tenho uma carta escrita

Candido MLivramento Dest

Personagens: ela, Maria do Livramento Lacerda, nascida Mesquita Abreu, em 1907, em Santa Cruz da Graciosa, filha de Eduardo Pereira …

Ler Mais

Caderno Memória 06: Da ilha e da natureza em fúria

C Memoria 06 Bombeiros GA

O discurso literário pode (e deve) ser uma fonte fundamental para a compreensão do mundo, permitindo leituras que os arquivos …

Ler Mais

Caderno Memória 05: O MACHADO E A FÉNIX

C Memoria 05 Bombeiros AV

Se tivermos em conta que o lema dos soldados da paz é “vida por vida”, o que significa um total …

Ler Mais

Newsletter 56: Soldados da Paz

Memoria News 56

É quando chega o verão que nos lembramos mais dos soldados da Paz. Associamo-los, sobretudo, aos fogos florestais. Nem sempre, …

Ler Mais

São Marçal – Hagiografia e iconografia

Bombeiros SMarcal 02

Escreveu São Gregório de Tours (c.538-594) que São Marçal viajou entre Roma e Aquitania (França), ao tempo da perseguição do …

Ler Mais

Página 1 of 4812345»102030...Último »