As três dimensões do projeto “Memória das Gentes que fazem a História”

memoria_250x250

Memória das Gentes

O MEMÓRIA (das gentes que fazem a História) tendo por base a teoria conceptual e metodologia da História Oral, visa dar protagonismo ao individuo comum enquanto agente do processo histórico, social e cultural. O grande propósito é preservar e transmitir valores, experiências, salvaguardando, simultaneamente a memória individual e colectiva. Queremos que o seu nome fique registado na História da Madeira.

9ilha-logo-250x250

Nona Ilha

A NONA ILHA pretende criar uma base de dados com narrativas de vida das pessoas que saíram da Madeira e do Porto Santo em busca de melhores condições de vida. Queremos ouvir a sua história de vida, recolher e guardar todo o tipo de documentação e objectos – cartas, postais, fotografias, documentos oficiais, etc. Acreditamos que só através desta união entre os que partiram e os que ficaram poderemos nos compreender e perceber de que matéria somos realmente feitos.

autonomia_logo

Autonomia

A AUTONOMIA pretende relembrar e salvaguardar os registos mais emblemáticos e os testemunhos daqueles que a vivenciaram ou/e protagonizaram. Visamos a criação de um arquivo relativo a este período de vivência, quer em termos políticos como institucionais, que se inicia em 1976, mas também de experiências e reivindicações anteriores. Queremos um registo da autonomia de todos e para todos.

SRTC | DRC | CEHA–Alberto Vieira | Madeira