Porto Santo e Madeira. Território. Poderes e instituições. 1418–1974

Capa AUt 05

É a ilha do Porto Santo que abre, em 2018, as celebrações oficiais dos “600 anos do descobrimento português”. É precisamente a pequena ilha do Porto Santo o passo decisivo para a afirmação lusíada na viragem global que começou a dar os primeiros passos no século XV. É o tempo da mudança e o Homem abre-se à possibilidade de pensar e construir um outro mundo em termos económicos, sociais, políticos e institucionais. É esta primeira experiência de ocupação no oceano a referência primordial dessa mudança e é isso que, hoje, efetivamente, celebramos.


Comments

comments

Acerca do Autor

GMProfessor do Ensino Básico, é licenciado em Ciências da Educação com uma pós graduação em Estudos Políticos e Sociais. Foi jornalista em vários órgãos de comunicação social regionais e nacionais. É autodidata em artes gráficas e desenho de páginas web.Ver todos os posts por GM →

Deixar resposta

SRTC |DRC |CEHA | Madeira