Memórias de maio [evocações]

Às nossas mãos chegaram versos da Ponta de Sol, datados de 1 de maio de 1938, devidamente assinados por duas senhoras: Laurencia Amado de Freitas  e Guiomar de Freitas Pita Ferreira. Evocam a festa dos Pinheiros e os “brincos” da serra, entre piqueniques e namoros. Evocam as cantigas de roda e o tempo que as manchas gravaram no papel de carta.

(…)

Hoje, 1º de maio,
Há festa cá nos Pinheiros
Vem da vila e do Funchal
Quantidade de romeiros

(…)

Ou ainda:
Hoje é dia de alegria
Ninguem pode duvidar
Vem toda a gente aos Pinheiros
Para o maio festejar.

 

À nossa memória, chegaram outros maios, de outros lugares, de outros tempos: a Procissão do Voto a São Tiago Menor, os passeios ao Palheiro Ferreiro, a estreia de um vestido de chita e de alpargatas coloridas, os bailes, a laje, os colares de maios, as cantigas de roda….

Continuamos à sua espera. Traga-nos memórias de outros tempos, de outras festas, de outros momentos. Precisamos delas para construir a Nossa História Coletiva.

 

Remembering May Day

We have received some popular poems written in May, 1st 1938 in Ponta do Sol signed by Laurenciana Amado de Freitas and Guiomar de Freitas Pita Ferreira during the May Day Festival.  This feast was celebrated by the community in a place called Pinheiros and where people used to spend the day, doing picnics, playing, dancing and flirting, of course. 

(…)

Today is May Day

and there is a feast at Pinheiros
many people come up here
from the village and from Funchal

(…)

Today we are all happy

there is no doubt about it
many people come to Pinheiros
to celebrate May Day.

(OBS: We apologize for perhaps having killed poetry with our translation)

 

All this made us remember so many other May Day Festivals, in other places, in other times: the São Tiago Procession, the picnics at Palheiro Ferreiro, the new dress girls wore to match the colourful tennis shoes, the dancing balls, the necklaces made of flowers, the singings…

We are still waiting for you stories. Please, come and share with us your memories, your dearest moments. They are important to get to know us better. You are part of History.

 

Comentários

comentários

Acerca do Autor

GMProfessor do Ensino Básico, é licenciado em Ciências da Educação com uma pós graduação em Estudos Políticos e Sociais. Foi jornalista em vários órgãos de comunicação social regionais e nacionais. É autodidata em artes gráficas e desenho de páginas web.Ver todos os posts por GM →

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

SRTC | DRC | CEHA | Madeira