MEU PADRINHO – O JUANICO

DESTA VEZ, O TEXTO NÃO É NOSSO. FOI-NOS ENVIADO POR MAIL, COMO REAÇÃO À NEWSLETTER Nº 10, PUBLICADA NO POST ANTERIOR.
 
 
Nasci na madrugada chuvosa e fria de 5 de Dezembro 1935 . Fui o primeiro filho de Mariazinha, como todos a chamavam. A minha mãe era filha da Virginia ( A Botica ) e de José (O Tita ). Meu pai, o Augusto, era mais conhecido como “O Quanza”.
 
Houve problemas com o parto, como era costume nesses dias, e eu vim ao mundo quase morrendo. A minha Avó, correndo, me levou, embrulhado num xaile, até à igreja de Nossa Senhora do Socorro, acordando o bondoso padre Laurindo. Lá foram até a igreja, minha Avó, explicando a urgência do Batizado. Ele perguntou, então, onde estavam os padrinhos.
Botica lhe respondeu, chorando, que não sabia que preciso naquelas circunstâncias. Responde-lhe o padre: – A madrinha pode ser Nossa Senhora do Socorro, mas precisamos de um padrinho. Botica, aflita, correu para o adro da igreja, com a esperança de que alguma alma caridosa aparecesse . Algum tempo depois, já perdendo a esperança, viu que, lá longe, vinha um homem alto e forte que ela reconheceu.
 
– Juanico,  vem salvar meu neto que está morrendo e precisa ser Batizado.
Ele logo disse que sim e eu, o seu neto Antoninho, fui Batizado com todas as bênçãos.
Anos mais tarde, com 5 ou 6 anos de idade, via meu padrinho Juanico, que era como nós o chamávamos. Como era costume naqueles tempos, pedia-lhe:
 
– Padrinho a sua bênção,
e lá vinha uma moedinha. Mas o melhor eram as histórias que me contava, Ilhas maravilhosas, cobertas de praias de areias douradas, sereias lindas, Baleias do tamanho de um Vapor, papagaios que falavam e outras coisas que me deixavam a sonhar acordado. Hoje, muitas vezes, voltando ao passado, continuo a ver este homem, alto e esbelto como um gentleman.

Augusto Sousa

Comentários

comentários

Acerca do Autor

GMProfessor do Ensino Básico, é licenciado em Ciências da Educação com uma pós graduação em Estudos Políticos e Sociais. Foi jornalista em vários órgãos de comunicação social regionais e nacionais. É autodidata em artes gráficas e desenho de páginas web.Ver todos os posts por GM →

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

SRTC | DRC | CEHA | Madeira