Newsletter 52: Fevereiros

Memoria News 52

Na Madeira, o mês de fevereiro traz memórias de alegrias e de desgraças. É o mês do Carnaval, dos desfiles e das festas.

Nas memórias da infância, há o colorido das serpentinas a desenhar teias nas ruas e a ligar as casas, há confettis espalhados pelo chão e escondidos, durante muito tempo, nos recantos da casa, nos bolsos dos casacos, nos intervalos das pedras roladas dos quintais. E há o cheiro do óleo a fritar as malassadas e os dedos colados com o mel que escorria dos sonhos…
Nas memórias de infância, há baús antigos cheios de roupa velha para que a festa se fizesse. Há mascarados a bater às portas e há assaltos nas casas de amigos…
E há outras memórias… e saudades: «olha, come muitas malassadas por mim, mas toma cuidado com aquela que tem estopa ou linho no meio» (D:25/2/74).
Na Madeira, o mês de fevereiro reveste-se, ainda, de outras memórias, menos alegres. No dia 20 de fevereiro de 2010, uma aluvião alterou o rosto da ilha e abriu rasgos nas montanhas, invadiu a cidade, destruiu casas e pontes e matou gente… Uma fotografia marcou fevereiro. E o blogue das Memórias, este mês…
Em fevereiro, lembramo-nos de postais trocados entre jovens namorados, nos anos 70 e recebemos mais documentos familiares e entrevistamos mais gente que nos trouxe a vida. A HISTÓRIA VAI-SE FAZENDO DE HISTÓRIAS. AS HISTÓRIAS VÃO COMPONDO A HISTÓRIA. PARA QUE A MEMÓRIA NÃO MORRA !


Comentários

comentários

Acerca do Autor

GM

Professor do Ensino Básico, é licenciado em Ciências da Educação com uma pós graduação em Estudos Políticos e Sociais. Foi jornalista em vários órgãos de comunicação social regionais e nacionais. É autodidata em artes gráficas e desenho de páginas web.

Ver todos os posts por GM →

Deixar uma resposta

SRTC | DRC | CEHA | Madeira