QUEM ÉS TU? …

“A abnegação é o mais nobre dos sentimentos.”

João DE DEUS

[Dedicado à briosa Corporação dos Bombeiros Municipais, na noite da festa artística de José  Dubini,  no  Teatro  Circo  e  recitada  pela  distinta  actriz  Dora Vieira].

 

Quem és tu que tanto te sacrificas!?
Que expões a tua vida, sem vaidade!…
Quem és tu que corres pressuroso
A cumprir o teu dever com lealdade?!

Quem és tu… que ao vento, à chuva, ao frio
Com coragem alva, destemida,
Segues sempre a cumprir o teu dever
Que tens por lema, Vida por Vida!?

É grande, grande teu puro nome!
É como raio de luz que o sol tece!
Trazem sempre na fronte sorridente
A fama dos heróis que não fenece.

É bem nobre, alva a tua missão!
Para ti, não há pátria, nem fronteira!
Tens apenas por lema o sumo bem!
Por guia, verde e rubra bandeira.

Bendito sejas tu, mas quem és?
Que de fronte erguida… altaneiro!
Não vacilas ante o perigo! Qual o teu nome
Quereis saber, Senhores? É o bombeiro

Funchal 19 de dezembro de 1933

Tito Lívio (Campos, Vasco F. e Malho, Alberto, O Bombeiro Madeirense e a sua História, Funchal, 1963, p. 108)

Guardar

Comentários

comentários

Acerca do Autor

Graça Alves

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, é professora do ensino Secundário e tem participado em diversos projetos literários. Está destacada no Centro de Estudos de História do Atlântico, onde tem desenvolvido trabalhos ligados à literatura e às histórias de vida.

Ver todos os posts por Graça Alves →

Deixar uma resposta

SRTC | DRC | CEHA | Madeira