Newsletter 62: Sobre Meninos Jesus

Memoria62

Na Festa, as casas madeirenses transfiguram-se. Cedo. Para que o espírito de Natal vá chegando, trazendo memórias velhas e prendendo o tempo – que o tempo da Festa é outro, mais de dentro, mais do peito.
Entramos nas casas. Procuramos os Meninos-Jesus que hão de presidir às escadinhas, que hão de lembrar os que já não estão, que hão de fazer memória de outra ilha, noutros tempos.
E sabemos: que o arquinho do Menino Jesus já está restaurado, que o lugar do trono já está escolhido, que a toalha de Bordado Madeira já está lavada e engomada, que o dia para ir comprar o ensaião e as cabrinhas (que já não se vai buscar à serra) já está combinado, que as searinhas se hão de deitar de molho, no dia certo, na primeira missa do parto.


Comentários

comentários

Acerca do Autor

GMProfessor do Ensino Básico, é licenciado em Ciências da Educação com uma pós graduação em Estudos Políticos e Sociais. Foi jornalista em vários órgãos de comunicação social regionais e nacionais. É autodidata em artes gráficas e desenho de páginas web.Ver todos os posts por GM →

Deixar uma resposta

SRTC | DRC | CEHA | Madeira