Uma história: a primeira / Life story: the first

Uma história de vida https://t.co/AuQJHPCQdw https://t.co/bOqDZP1IF2

Uma história: a primeira / Life story: the first

Chama-se Manuel. O medo da Guerra do Ultramar fá-lo sair de casa aos 12 anos, para a África do Sul. Sozinho. Com a mala cheia de sonhos e de ambições. Um menino. Um homem. 
No cais, o pai e a professora. A mãe, em casa, o terço entre as mãos, pedirá por aquele filho que vai. Porque o tempo é de ir. No cais, os lenços brancos são asas que a saudade leva no Vapor do Cabo e que há-de trazer em forma de carta, de remessas, de esperanças.
Hoje, Manuel é um homem feito. A vida mudou-lhe o semblante. Brilham-se-lhe os olhos quando partilha as coisas que traz: fotografias, cartas, passaportes, documentos soltos que construíram o seu mundo pelo mundo fora, a santinha que a mãe lhe meteu na algibeira a hora de partir.
Está na ilha, agora. A sua casa. Cumpriu.
Chama-se Manuel. Já fez 60 anos e tem muitos sonhos para realizar. Partilhou connosco as Memórias. Autorizou esta partilha. A História da Ilha agradece a sua História. E precisa da sua, também.

 
 
He is Manuel. The fear from being called to Portuguese overseas war, forced him to leave home and head to South Africa. He left with a bag full of hopes and dreams. A little boy. A man to come.
At Funchal pier, his father and his school teacher waved him goodbye. At home, his mother prayed to Our Lady. It was time to go. He stared at the white scarves, shaped already in the longing that we would try to tame every time a letter from Madeira arrived.
Today, Manuel is a grown up man. Life has given him so much. His eyes shone when he showed us his treasures: old photos, letters, passports, and so many other papers that have been part of his life, and in particular the image of Our Lady offered by his mother at the time of his depart back in 1964.
He has come back to the island, his home. He has fulfilled one of his dreams. 
He is Manuel. He is sixty years old and he still has so many dreams to catch. He has shared some of his past memories with us. He has given us permission to share them with you, as well. Madeira Island’s history thanks him a lot!  So do we! Wouldn’t you like to tell us your story?   

Comentários

comentários

Acerca do Autor

GMProfessor do Ensino Básico, é licenciado em Ciências da Educação com uma pós graduação em Estudos Políticos e Sociais. Foi jornalista em vários órgãos de comunicação social regionais e nacionais. É autodidata em artes gráficas e desenho de páginas web.Ver todos os posts por GM →

  1. NélioNélio12-02-2015

    Gosto imenso desta forma de escrita, começa se a ler e não se consegue parar sem ler tudo. Parabéns

  2. Graça AlvesGraça Alves11-28-2012

    Obrigada, Susana. Abraço.

  3. Susana CaldeiraSusana Caldeira11-28-2012

    Que a história do Manuel seja a primeira das tantas que ficaram por aí, no pó da memória da História que escreve a Ilha. Bom trabalho!

Deixar uma resposta

SRETC | DRC | CEHA | Madeira